sábado, 29 de dezembro de 2012

Bruna e Keyla




 
Bruna e Keyla é a dupla representante das mulheres no sertanejo! São instrumentistas, cantoras, compositoras e assinam repertório autoral. Bruna e Keyla é a mais nova dupla sertaneja de Belo Horizonte, que chega para dar destaque à presença feminina no cenário musical brasileiro.
 
 
Com uma proposta irreverente, a dupla representa as mulheres no sertanejo universitário, estilo que vem conquistando todo o Brasil. No repertório, artistas consagrados, como: Fernando e Sorocaba, Jorge e Mateus, Michel Teló, João Bosco e Vinícius, Paula Fernandes, Zezé di Camargo e Luciano, Luan Santana, entre outros nomes do sertanejo.

Demonstrando ampla variedade de estilos, Bruna e Keyla apostam, também, em diversos nomes da música brasileira e internacional, como Ivete Sangalo, Queen, Katy Perry e Roy Orbison, por exemplo. As cantoras assinam um repertório autoral, composto por músicas já conhecidas pelo público, como “Pra mim já deu”, “Nunca por você” e “Minha tia já dizia”, que estão disponíveis na internet.

 


A dupla acabou de lançar um CD com 12 faixas inéditas, 100% assinadas por elas. O lançamento ocorreu numa das maiores casas de shows de BH: O Alambique e já estão em turnê nacional divulgando este trabalho.
 
Bruna Braga nasceu em Belo Horizonte, é jornalista e começou a cantar lírico aos dez anos de idade na igreja. Estudou piano clássico, teatro e aos doze anos se tornou solista mirim do Palácio das Artes. Trabalhou com importantes nomes da música MPB mineira como o violonista Beto Lopes.
 

Em 2004 participou do programa de calouros Raul Gil e foi classificada como uma das melhores participantes do ano e finalista do concurso.

De 2008 a 2010 atuou como vocalista em uma renomada banda baiana. Sua irreverência e alegria contagiava o público pelos trios do Brasil.Com a paixão pelo sertanejo e alegria contagiante dos trios baianos nasceu o projeto Bruna & Keyla.

Keyla Vilaça nasceu em Belo Horizonte e desde cedo começou a se interessar pela música. Aos quatro anos já cantava com o pai e aos sete se apresentava na igreja perto de casa. Aos treze, tocava gaita, violão e cantava. Na adolescência começou a se apresentar em bares tocando MPB e participou de bandas de baile experimentando vários ritmos.

Em 2007 foi semifinalista do programa Ídolos do SBT. Atualmente contribui com sua voz aveludada e seu jeito doce no projeto da dupla Bruna & Keyla.​

Keyla se destaca com seu jeito ímpar e seu talento​nato de tocar violão contagiando e emocionando ​todos que escutam.

(E eu que gostava da música "Por Um Minuto" apenas nas vozes de Bruno e Marrone... resolvi escrever este post sobre a dupla Bruna e Keyla pelo modo especial que interpretaram esta música...)

A dupla sertaneja Bruna e Keyla, formada por duas mineiras da cidade de Belo Horizonte, foi a vencedora do quadro “Mulheres que Brilham”, exibido no programa Raul Gil (SBT) desde maio. As mineiras foram as melhores entre 64 candidatas que chegaram à fase classificatória. Como prêmio elas assinam um contrato de um ano com a gravadora S Sony Music e gravarão um CD pelo selo Mulheres que Brilham parceria entre a Bombril, patrocinadora do concurso, e o programa “Raul Gil” com a Sony.
 
Ao todo, dez candidatas chegaram às finais e Bruna e Keyla fizeram cinco apresentações. A música que concedeu a vitória à dupla foi “Nova York”, música já gravada por Chrystian e Ralf e Victor e Leo. Com estilo sertanejo e sintonia elogiada pelo júri, as mineiras conquistaram o público.

O júri avaliou afinação, técnica vocal, presença de palco e carisma e selecionou 32 candidatas para a fase pós-classificatória. Foram escolhidos 16 talentos femininos, além de quatro cantoras, eleitas pelo público na repescagem, que se classificaram para as semifinais. No total, 20 candidatas concorreram à final.

Parte da renda obtida com o álbum que Bruna e Keyla lançarão pelo selo Mulheres que Brilham será revertida para o Instituto Roberto Sampaio Ferreira, braço para ações de sustentabilidade e responsabilidade social da Bombril. “Participar do concurso foi uma experiência que marcou as nossas vidas. Foi uma competição exclusivamente feminina, com excelentes candidatas que juntas defenderam diversos estilos musicais”, afirmam as vencedoras, Bruna Braga e Keyla Vilaça.

Serviço:
Saiba mais sobre o concurso “Mulheres que brilham” e assista a vídeos das apresentações pelo site: www.bombrilmulheres.com.br.

Perfis
Bruna Braga canta desde criança e começou a carreira como cantora lírica. A mineira já participou como solista de corais em Belo Horizonte, trabalhou em bandas e em bailes e morou em Salvador por três anos cantando axé. Além de cantora é jornalista, compositora e instrumentista.


Keyla Vilaça também começou sua carreira na infância, cantando em Igrejas, e enveredou para a MPB. Violonista, tocava em bares, é compositora e atualmente cursa Tecnologia da Informação em Belo Horizonte. Como dupla, têm se apresentado em cidades como Pedro Leopoldo, Entre Rios de Minas, Três Pontas, Cachoeira do Campo, entre outras. Um diferencial da dupla é o fato de não ter primeira e segunda vozes definidas, pois ambas realizam as duas alternadamente.

Um Pouco Mais...

No dia 30 de junho de 2004, escrevei um artigo jornalístico intitulado “Havia uma pedra no caminho de Bruna”. Reportava-me, na ocasião, à eliminação – a meu ver, injusta – de uma calouro de nome Bruna Braga, de Belo Horizonte, no Quadro “Quem sabe canta, quem não sabe dança”, do Programa Raul Gil, que era levado aos ar aos sábados na Rede Record de Televisão. Tratava-se, segundo minha ótica, de uma excelente promessa da MPB – que muito me fazia lembrar a diva Elis Regina, no seu início de carreira , no programa de rádio “Clube do Guri”, em Porto Alegre.
 
Atribuí a saída prematura de Bruna à incompetência (ou talvez inveja), de alguém do júri, que denotava má vontade ao comentar sobre a candidata de forma não condizente com suas exelentes interpretações musicais. Como milhares de telespectadores, lamentei muito a saída de Bruna daquele programa de TV, cuja trajetória eu acompanhava com entusiasmo, inclusive gravando suas canções em VHS, para “curtir” depois, como até hoje faço. No fecho daquele artigo, expressei minha intuição de que um dia Bruna Braga haveria de voltar a um programa de televisão semelhante àquele, dessa vez para vencer e ver coroado o seu esforço e o seu enorme potencial artístico, algo que aquele júri do “Raul Gil” não soube reconhecer.
 
Tendo me tornado amigo de Bruna, fiquei sabendo que ela formava Dupla com Keyla Vilaça – também ex-calouro de televisão – fazendo sucesso no gênero Sertanejo universitário, com CD gravado, shows em Belo Horizonte e outras cidades da Região Sudeste. Um dia desses, Bruna anunciou no “face” que vinha uma surpresa boa, por aí, em relação à Dupla “Bruna & Keyla”. Não me foi difícil imaginar que se tratava dá possível participação no Quadro “Mulheres que Brilham”, do programa Raul Gil no SBT, o que realmente veio a acontecer. A partir daí, tudo foi festa e emoção. A cada apresentação da Dupla, uma etapa vencida, regada a elogios do júri, aplausos do auditório, muita torcida na telinha e manifestações de apoio nas redes sociais.

 
 
No último sábado – 8 de setembro de 2012 – aquilo que eu vaticinara, movido por um desejo de justiça, finalmente aconteceu. O Duo “Bruna & Keyla” entra em cena para a grande final, ostentando um visual de encher os olhos, e, com a excelente performance de sempre, conquista a todos, cantando a música “Nova York”. Momentos depois, tudo o que restou às duas estrelas, no palco da decisão, foi pular de alegria e partir para o abraço, após ouvir a jurado Fran Fortunato anunciar a grande campeão do “Mulheres que brilham”, dizendo com todas as letras “a nossa escolhida foi “Bruna & Keyla”. Junto com a vitória, o sonho de gravar um CD e assinar contrato de um ano com a Sony Music, uma das mais renomadas produtores de discos do mundo. A consagração de “Bruna & Keyla” marca o início de uma nova era na música sertaneja, que passa a contar agora com uma Dupla feminina de elevado padrão artístico, ao nível das mais destacadas duplas masculinas desse gênero musical, que é a cara do Brasil.




Informações de contato


FONTE

http://www.brunaekeyla.com.br

http://www.correiodeuberlandia.com.br

 

Nenhum comentário: