quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Roberto Szidon


Roberto Szidon (Porto Alegre, 21 de setembro de 1941 - 2011) foi um pianista de música erudita brasileiro.

Iniciou os estudos em sua cidade natal e, com nove anos, realizou seu primeiro concerto. Estudou composição com Karl Faust, e foi se aperfeiçoar nos Estados Unidos da América com os mestres Illona Kabos e Claudio Arrau.


Em 1965, recebeu um prêmio no IV Centenário do Rio de Janeiro com o LP Rudepoema, sobre a obra de Villa-Lobos.


Em 1967 foi para a Alemanha, onde participou de dezenas de gravações para o selo Deutsche Grammophon, a mais importante gravadora de música erudita do mundo.

Como solista, integrou mais de cinqüenta orquestras, incluindo a Orchestre de LaSuisse Romande, na Suíça; a Filarmônica de Londres, na Inglaterra; a Orquestra de Cleveland, nos Estados Unidos; e a Sinfônica de Viena, na Áustria.

Seu disco mais aclamado é Cem Anos de Piano Brasileiro, onde interpreta obras de Chiquinha Gonzaga, Glauco Velásquez, Ernesto Nazareth, Francisco Mignone, Luiz Eça e outros.

Em 1979, o cineasta gaúcho Antônio Jesus Pfeil dirigiu um curta-metragem sobre o pianista Roberto Szidon.

Faleceu no dia 21 de dezembro de 2011, vítima de um ataque cardíaco, em Dusserldorf.


FONTE

WIKIPÉDIA

3 comentários:

Jorge Guimarães disse...

A foto de cima NÃO É de Roberto Szidon. As demais, sim, são do grande artista.

Jorge Guimarães disse...

A foto superior do espaço dedicado a Roberto Szidon NÃO É DESTE ARTISTA.
As demais fotos, porém são autênticas.

Beth disse...

Nossa!! obrigada!!

já substitui a foto, a anterior era de Thomas Quasthoff com quem Roberto Szidon também tocou... Ele acompanhou Thomas Quasthoff em Schumann 's Dichterliebe, Liederkreis, op. 39, e outras canções.