sábado, 29 de agosto de 2009

Família Lima


A Família Lima fez sucesso em 1994, quando lançou a música "Primeiro Amor". Antes disso já fazia pequenos shows em que misturavam o som dos violinos com apresentações de mágica...

Familia Lima - Primeiro Amor


Hoje eu descobri
Uma coisa que há no mundo
E tocou meu coração bem lá no fundo

Acho que é paixão
Talvez seja mais profundo
Eu só sei que ela é meu próprio mundo

Sabe
O quê?

Ela é meu grande amor
Então me diga o que nela te tocou

É o olhar de princesa ao luar
Dessa vez eu saberei o que é amar

[...]

Sabe
O quê?

Não consigo te deixar
Despertaste o meu amor
Despertaste o meu amor
Despertaste o meu amor
Quero te amar

VIDA E OBRA

Família Lima é um grupo musical brasileiro, natural do Rio Grande do Sul. Seu gênero musical é o clássico. Eles já foram atração nos Estados Unidos, Europa e inclusive se apresentaram ao Papa João Paulo II. No Brasil, o trabalho da banda tem alcançado bastante êxito.

O grupo composto por José Carlos Lima, os filhos Amon-Rá, Moisés e Lucas, e o sobrinho Allen, que, juntos, formam a Família Lima. Esse quinteto tem grande importância para o mundo da música. O trabalho deles comprova que a música erudita também tem espaço nesse mercado competitivo.

A Familia Lima despontou para a mídia no final dos anos 90, mas a origem do grupo vem da época em que José Carlos (ou Zeca) era adolescente e começou a estudar violino. Depois, já casado e com filhos, montou uma escola de educação musical para crianças, na cidade de Porto Alegre, e logo colocou seus pupilos para aprender diversos instrumentos.

A primeira apresentação como Família Lima foi no município de Morro Reuter, onde nasceu a família de Lorena. Daí em diante, a trajetória do grupo tem sido vertiginosa.

A banda é atualmente muito reconhecida pelo talento que os integrantes mostram durante os shows, e também na qualidade de luz e arranjos musicas apresentada nos shows.

Tudo começou com o encontro de José Carlos e Lorena, e o nascimento dos filhos Amon-rá, Moisés e Lucas. A partir daí, foi a dedicação de um pai, ensinando música erudita aos filhos, e o amor de uma mãe, doando toda uma vida na realização deste sonho. A chegada do primo Allen foi um presente do destino e completou a formação do quinteto.

Contudo, o início oficial desta história se deu em 1994, nas terras gaúchas, mais precisamente em Morro Reuter, onde aconteceu a primeira apresentação do grupo com o nome Família Lima.

A banda fez sucesso em 1994, quando lançou a música "Primeiro Amor". Antes disso já fazia pequenos shows (Violinos Mágicos) em que misturavam o som dos violinos com apresentações de mágica nos palcos.

Em 1994, a Familia Lima fez shows no Principado de Andorra, em Madri, em Barcelona, na Ilha de San Andrès - no Caribe - e em Los Angeles. No ano seguinte, Viena e Innsbruck, na Áustria, e de novo Espanha, na cidade de Granada. Em 1996, Nova York e Washington.

A estréia em disco ocorreu apenas em 1998, com um repertório clássico que incluiu “Granada” e a ária “Brindisi” (da ópera La Traviata). Tudo com uma levada pop, impressa principalmente em faixas como “Primeiro Amor”.

Um ano depois, chegou às lojas e primeiro ao vivo da banda. O álbum foi registrado na casa de espetáculos Canecão (no Rio de Janeiro) e novamente mesclou canções tradicionais (“Primavera”, trecho de "As Quatro Estações", de Vivaldi), sucessos operísticos (“Con Te Partiro”, de Andrea Bocelli) e pérolas populares do calibre de “My Heart Will Go On” (tema de Titanic).



Em 2000, a Família Lima assinou contrato com a Abril Music e produziu "Pra Você", álbum mais pop, que emplacou faixas, como: “Escrito no Céu” (releitura de Elton John) e a italianíssima “Funiculi Funicula”.

Escrito no Céu by Família Lima


Em 2001, a banda voltou forte com o grandioso “Gira o Mundo”, trabalhou com o hit “Não Posso Esquecer” e a imbatível “Eleonor Rigby”.

"Eleanor Rigby" é uma canção dos Beatles, originalmente lançada no álbum "Revolver", de 1966. Também foi lançada como single, junto com a música Yellow Submarine.

A canção foi escrita por Paul McCartney, mas em uma entrevista concedida à Revista Playboy, em 1980, John Lennon afirmou: "o primeiro verso era do Paul, mas que o restante era basicamente meu". McCartney também afirmou que John ajudou algo como "metade de uma linha".

À parte da discussão, Eleanor Rigby permanece como uma das mais reconhecidas e distintas canções dos Beatles, com sua letra contando sobre a solidão das pessoas mais velhas. A sua tradução começa: "Ah, olhe todas as pessoas solitárias", referindo-se, pelo meio da música, que ninguém presta atenção às pessoas solitárias. Ela também faz parte da fase de transição, continuando a transformação dos Beatles, que começaram com uma orientação Pop e gradualmente se tornaram uma banda de estúdio mais séria e experimental. Em dezembro de 1982 na cidade de Liverpool, foi esculpida uma estátua de uma idosa solitária, em homenagem à canção.

Não Posso Esquecer (No Puedo Olvidar)
Família Lima
Composição: T. Torrez/A. Talamantez/A. Grullon/versão: P. S. Valle



Desde que você me beijou
Nada é igual, tudo mudou
É como se fosse um vulcão
Explodindo o coração
Descobri em mim tanto amor
Que me tornei um sonhador

Escrevo cartas que não vou mandar
Digo coisas que nem sei falar

Talvez um beijo pra você
Não seja amor, nem tanto assim
Mas eu não posso esquecer
O que esse beijo foi pra mim

Talvez um beijo pra você
Não seja mais que ilusão
Mas eu não posso me enganar
O beijo foi de coração
Desde que você me olhou
Nada é igual, me sinto infeliz

Digo que está tudo bem
Mas meu olhar me contradiz
Escrevo cartas que não vou mandar
Digo coisas que nem sei falar

Talvez um beijo pra você
Não seja amor, nem tanto assim
Mas eu não posso esquecer
O que esse beijo foi pra mim

Talvez um beijo pra você
Não seja mais que ilusão
Mas eu não posso me enganar
O beijo foi de coração

São sonhos, delírios
Mistérios, nem sei explicar
São loucos, estranhos
Os sonhos, e assim vou te amar

***


A Familia Lima também apresenta um trabalho recheado de músicas italianas, demonstrando a evolução do grupo e sua ascensão musical.

Em 2007, a Família Lima lançou o álbum "Carmina Burana", que reuniu cantatas de 1937, da obra de Carl Off, e músicas compostas pelo integrante Lucas Lima. Um projeto inédito – com 70% das músicas em latim – com lançamento em duas etapas: a primeira no universo digital, pelo portal Uol, e a segunda no Auditório Ibirapuera (SP), com show de estréia no dia 7 de novembro de 2007, para imprensa e convidados.

Os carmina burana (do latim carmen,ìnis 'canto, cantiga; e bura(m), em latim vulgar 'pano grosseiro de lã', geralmente escura; por metonímia, designa o hábito de frade ou freira feito com esse tecido) são textos poéticos contidos em um importante manuscrito do século XIII, o Codex Latinus Monacensis, encontrados durante a secularização de 1803, no convento de Benediktbeuern - a antiga Bura Sancti Benedicti, fundada por volta de 740 por São Bonifácio, nas proximidades de Bad Tölz, na Alta Baviera.

O códex compreende 315 composições poéticas, em 112 folhas de pergaminho, decoradas com miniaturas. Atualmente o manuscrito encontra-se na Biblioteca Nacional de Munique. O compositor alemão Carl Orff, descendente de uma antiga família de eruditos e militares de Munique, teve acesso a esse códex de poesia medieval e arranjou alguns dos poemas em canções seculares para solistas e coro, "acompanhados de instrumentos e imagens mágicas”.

A gama expressiva de Carmina Burana estende-se da terna poesia do amor e da natureza, e da elegância burgúndia de uma “Cour d’amours”, ao entusiasmo agressivo (“In taberna”), efervescente joie de vivre (o solo de barítono “Estuans interius”), e à força devastadora do coro da fortuna cercando o todo. O latim medieval da canção dos viajantes eruditos é penetrado pela antiga concepção de que a vida humana está submetida aos caprichos da roda-da-fortuna, e que a Natureza, o Amor, a Beleza, o Vinho e a Exuberância da vida estão à mercê da eterna lei da mutabilidade. O homem é visto sob uma luz dura, não sentimental; como um joguete de forças impenetráveis e misteriosas. Esse ponto-de-vista é plenamente característico da atitude anti-romântica da obra.

Trata-se de uma coletânea de 24 canções, baseadas em textos medievais encontrados em 1803 em uma abadia na região da Alta Baviera. O que a Família Lima fez foi selecionar 18 destas músicas e inseri-las ao longo do disco, mas não em sua forma original. A partir da partitura original, elementos de rock & roll, jazz e música foram inseridos e, em muitos casos, até substituem os instrumentos sinfônicos, o que dá a músicas uma energia renovada e traz canções já consagradas para um contexto sonoro ainda mais contemporâneo.

Carmina Burana, além do CD com 24 faixas, conta também com um completo DVD. Nele constam making of da gravação, filmado durante o mês de julho de 2006, clipes das músicas Inverno, Carmina Burana – O Fortuna e Obsession, do Crossover (projeto paralelo de música eletrônica do violinista Amon-rá e o Dj Julio Torres, filmado ao vivo no Skol Beats 2006, o maior festival de música eletrônica do mundo), além da letra de todas as faixas do CD (com tradução), fotos de bastidores, informações sobre a capa do projeto, ficha técnica completa e agradecimentos.

Família Lima - O Fortuna - Clipe Oficial

 
Desde que conquistou o público com um repertório que inclui de Beethoven a MPB, a Família Lima tem feito vários Shows... envolvidos em turnês dentro e fora do Brasil, com uma agenda apertada de gravações, eles estão a mil por hora para mostrarem sempre em belo e carinhoso trabalho a seus fãs.

FONTE

SITE LETRAS.COM
Wikipédia - Música Eleanor Rigby
Wikipédia - Carmina Burana
Família Lima - PDF - Carmina Burana

2 comentários:

maninha disse...

OLÁ! SOU DE OSÓRIO RS E TIVE O PRIVILÉGIO DE NA NOITE DE 18/12/10, ASSISTIR ESTA FAMÍLIA MARAVILHOSA, QUE CANTA E TOCA COM O CORAÇÃO, SE DIVERTEM NO PALCO, TRANSMITINDO UMA SENSAÇÃO PRAZEROSA NO PÚBLICO, DE ALEGRIA, VIDA, ESPERANÇA... QUE DEUS ESTEJA SEMPRE ABENÇOANDO VOCÊS.
AH! UM BEIJO CARINHOSO EM ESPECIAL AO MOISÉS.

Beth disse...

Que bom!!
Eu ainda não tive o privilégio de assistí-los em shows, mas tenho esta mesma impressão que eles são apaixonados pelo que fazem.
Obrigada por comentar em meu Blog!!
=)