quarta-feira, 23 de março de 2011

Geisa Celeste


Mineira de Sacramento, Geisa Celeste iniciou sua carreira aos 6 anos de idade. Ainda criança cantava em festinhas e na rádio local. Com a irmã Diva, Geisa formou o Duo Celeste. A dupla gravou 20 discos 78 rpm de 1957 a 1964 e mais 5 LPs e se desfez com o casamento de Diva.


Dotadas de vozes afinadas, as irmãs agradaram imediatamente e foram convidadas por Blota Jr, para atuar na Rádio Record. Como eram muito bonitas ficaram conhecidas como "As Bonecas que Cantam". A dupla seguiu se apresentando ao longo de seis anos, gravando ainda oito LPs, em seguida, se desfez.


Diva foi contratada pela Rádio São Paulo onde se apresentou como cantora e radioatriz. Atuou também na TV Record. Participou na TV Tupi das novelas "O punhal de prata", "A fábrica" e "O hospital". Participou ainda da revista "No país dos bilhetinhos" e foi crooner de boates.


Geisa seguiu na carreira solo usando como nome artístico “Geisa Celeste”, casou-se com o acordeonista ítalo-brasileiro Mário Zan. (Com mais de 40 CDs gravados - 30 deles em catálogo -, Mario Zan continua a vender bem. Em média, 600 mil discos por ano - entre 80 mil e 100 mil somente durante o mês de junho. Sua discografia inclui cerca de 300 discos em 78 rpm, 105 LPs, além dos CDs, num total de mais de mil gravações não repetidas. Mário Zan é identificado em todo o Brasil como o maior solista de festas juninas de todos os tempos). Geisa separou-se do acordeonista e foi morar com a filha em Sorocaba/SP.


Em 1996 o Duo Celeste teve a música "Cantando", de Mário Zan e Arlindo Pinto regravada no CD "Meio século de música sertaneja", pela BMG.

Geisa gravou um total de 10 lps, cantando com sua voz única e inimitável canções em espanhol, guarani, italiano, francês, grego, japonês e árabe, o que a credenciou a ser contratada para atuar em vários países, como argentina, onde em 1969 atuou no filme 'la culpa' ao lado da estrela Libertad Leblanc.


No Chile, obteve um imenso êxito na 'piscina panorama' do Carrera Sheraton Hotel; na Itália, os críticos do mais influente jornal do país, o 'Corriere Della Sera' fizeram os maiores elogios a sua voz, na Suíça, atuou em locais de grande prestígio como o 'Dolder Grand Hotel' - Hotel Waldaus, - Hotel Engel, em cidades do jet set internacional como Baden- Baden, Lauzane e Zurich.


De volta ao Brasil sua carreira prosseguiu em tournées pelo sul e centro oeste do país. A crítica brasileira a considerava a yma sumac brasileira, pois sua voz ia do contralto até o soprano coloratura, alcançando as 4 oitavas que faziam com que o público que a ouvia, ficasse espantado com seu dom vocal.


Geisa Celeste  migrou para Cidade de São paulo, e foi contratadas por Armando Rosas, passando a integrar o elenco da Rádio Record, onde conheceu o sanfoneiro Mário Zan. Então, Zan encaminha as irmãs para gravação de discos, ainda em 78 rotações.



Geisa e Diva se apresentavam ao lado de grandes nomes da época por exemplo, Cascatinha e Nhana; Duo Gurujá; Demônios da Garoa, e Palmeira e Biá. Com o casamento de Diva, Geisa partiu para carreira solo e automaticamente, fez turnê internacional: Argentina, Chile, Suiça, Itália e Alemanha.



Geisa era muito requisitada pelos programas de TV'S Chacrinha e Bolinha e Francisco Petrônio, (Almoço com as Estrelas ) apresentado por Ayrton e Lolita Rodrigues.

Ela mudou-se para Sorocaba no final da década de 80. Veio para morar com a filha e, aqui,apresentou-se em saraus organizados pela Secretaria da Cultura, recebendo do então chefe de divisão da Pasta, João Monteiro.



Geisa Celeste gravou, ao longo da carreira, dez long plays, acumulou um histórico de bons momentos... Clássica representate da múscia "dor de cotovelo" Geisa morreu em Sorocaba, interior paulista, dia 1º de janeiro/2011.



FONTE

Formas e Meio

Saudades Sertanejas

2 comentários:

Aniger disse...

Cantora maravilhosa que quando canta a musica "Nuestro Juramento" me faz relembrar um grande amor da minha vida. Como gostaria de viver esse grande amor novamente!!!!!

Maria Candida disse...

Eu gosto das musicas da Geisa.