quarta-feira, 30 de março de 2011

As Sublimes


As Sublimes, banda que fez sucesso na década de 90, era formado por Isabel Fillardis, Karla Prietto e Lílian Valeska. Com 2 discos lançados seu maior hit foi: "Boneca de Fogo", de Fausto Fawcett em 1993.



Vídeo Clipe de "Boneca de Fogo", primeira música de trabalho do trio As Sublimes.

Formado por Isabel Fillardis, Karla Prietto e Lílian Valeska, com disco lançado em 1993. O grupo foi idealizado por Alexandre Agra em homenagem ao trio The Supremes, antigo grupo de Diana Ross, Mary Wilson e Florence Ballard. Vídeo dirigido por Andrew Waddington e Mapi Stockler.

Garota nacional vezes três. Faça as contas e ouça o resultado: Sublimes. O Trio formado por Lillian, Karla e Flávia, sua mais nova integrante, chega ao segundo disco reforçando o ditado que diz que beleza não põe mesa. E aí, além de belas paisagens naturais, as Sublimes oferecem recheio, conteúdo e balanço black do bom no seu segundo disco.

Formado no começo dos anos 90, concluindo um sonho do produtor Alexandre Agra, o trio contava com a bonitona atriz Isabel Filardis em sua formação inicial. Lilian, Karla e Isabel gravaram seu primeiro disco pela Sony em 1993.

Entre participações de Jorge Ben Jor e Luiz Melodia, além de odes a Mike Tison, por conta de uma letra de Fausto Fawcett, as Sublimes, em luta contra um repertório irregular, debutaram com classe e estilo.



Mas houve um pause na sequência: uma agenda cada vez mais concorrida levou Isabel Filardis a tirar seu time de campo, desfalcando as Sublimes, que durante um tempo funcionaram como uma dupla. E foi assim, com atenção dobrada, que Lilian e Karla começaram a buscar a substituta de Isabel. Foram várias audições, vários testes e nada.



Até que num prosaico churrasco, Karla conheceu uma garota, de 18 anos, que cantava muito. Seu nome: Flávia. Seu futuro: ser Sublime.

Durante um ano e alguma coisa, as três ensairam e sedimentaram as bases do novo disco, com a calma que faltou no primeiro. Melhor assim: sem pressa, o repertório foi sendo selecionado, as vozes foram ficando mais entrosadas e tudo ficou mais...mais bonito.

O produtor do novo disco deu as caras: Tuta Aquino, importado de Nova York, veio ao Brasil, se trancou em estúdio com o trio na pré-produção do novo disco e voltou para os EUA.

Depois, em agosto do ano passado, malas para que te quero: as Sublimes voaram para NY e lá completaram o disco, que já havia sido moldado por Tuta. Agenda apertada, com gravações indo de meio-dia até às 22h, as três ainda tinham disposição para acordar cedo para, ora, para ir às compras, claro.

Mas os melhores presentes elas ganharam dentro do estúdio."Beleza física", a canção que abre o disco, foi uma "lembrancinha"de Lulu Santos, que também inseriu sua guitarra na faixa.

Em "Eu queria um amor"(cover de "My cherrie amour", imortalizada por Stevie Wonder) ganhou sax de Michael Brecker e, cereja no bolo, a voz de Mary Wilson, uma das Supremes original.



Wilson esbanjou simpatia e adorou ouvir soul cantado em português. Coisas da alma, ou melhor, soul.

E assim o disco foi ficando melhor a cada dia. Leoni fez a letra da versão de "Diggin'on you", do apimentado trio americano TCL. Paula Toller fez o mesmo para o inequecivel flashback "Reunited", que virou "Mais que hoje".

E as Sublimes, agradecidas, fizeram tudo mais, rimando simplicidade com elegância e ainda arrumando tempo, no percurso, para cutucar o leão machista na vara curta da letra de "Tempo e espaço", sobre homens com medo de assumir uma relação mais séria.

Engraçado. Dá para imaginar alguém com medo das Sublimes?



FONTE

dezoito

4 comentários:

rafael disse...

Cara Beth,muito obrigado pela sua reportagem sobre as sublimes.Eu me Chamo Rafael Costa Pereira,sou filho de criação da Karla Prietto e moro com ela.Ela agora é back vocal do grupo REVELAÇÃO e está viajando neste momento,com certeza mostrarei esta reportagem para ela assim que chegar.Infelizmente o grupo acabou,porém está em nossas cabeças.Um abraço e PARABÉNS. meu email é rafaelcprj17@gmail.com

Beth disse...

Rafael a voz das Sublimes é apaixonante. Que talento admirável!! Fico satisfeita em ter aqui em meu espaço uma postagem sobre elas. Seria realmente perfeito se elas continuassem com o grupo...

Obrigada por deixar aqui o seu comentário!
Abçs!

Lúcio disse...

Trabalhei com a Karla Prietto no meu Primeiro CD e no Projeto "Quem são os novos da MPB" Gravamos juntos a música "Livres".
ela é uma cantora de primeira linha e uma pessoa maravilhosa.


Lúcio Sherman

Lúcio disse...

Trabalhei com a Karla Prietto no meu Primeiro CD e no Projeto "Quem são os novos da MPB" Gravamos juntos a música "Livres".
ela é uma cantora de primeira linha e uma pessoa maravilhosa.


Lúcio Sherman