Perfil

Minha foto
Brazil
"Acho que finalmente me dei conta que o que você faz com a sua vida é somente metade da equação. A outra metade, a metade mais importante na verdade, é com quem está quando está fazendo isso."

segunda-feira, 14 de março de 2011

Edgard de Souza


Edgard de Souza, baiano de Salvador (17 de junho de 1932 - 18 de julho de 2007) trabalhava no serviço de auto-falantes em sua cidade natal, quando decidiu tentar o Rádio de verdade no Rio de Janeiro e em São Paulo. Foi dificil, mas após certa persistência, conseguiu um emprego na extinta Rádio Piratininga (SP).

Seu grande sucesso foi alcançado na Rádio Globo/Nacional, onde apresentava programa sertanejo, gênero que o consagrou.

Edgard de Souza, que fez história na rádio globo de São Paulo sempre se pautou pela divulgação da música sertaneja e de raiz. Apresentou por mais de 25 anos diariamente no horário de 21 a 22 horas, pela Rádio Globo paulista, o "Programa Edgar de Souza" voltado para a divulgação da música sertaneja.



No final da década de 1970 e início da década de 1980, apresentou, também na Rádio Globo, às terças-feiras, no horário de 20;30 a 21h, o "Programa Tião Carreiro e Pardinho" divulgando músicas e shows da dupla Tião Carreiro e Pardinho.

Edgard de Souza - Obrigado Zé


Atualmente realizava seus trabalhos na rádio Tropical AM em Curitiba/PR, fazia seu programa como antigamente levando a música sertaneja raiz, ele que conhecia muito sobre a história pois acompanhou no dia a dia de diversos artistas como Tonico e Tinoco, Tião Carreiro e Partinho, Aberlamino e Gabriela, entre outros icones. Em seu programa ele contava curiosidades, fatos que presenciou em todos esses anos.

Conhecido como "O animador das mil palavras...", seu estilo de apresentação era diferente para o estilo sertanejo. Sempre usou um português correto e boa dicção, o que era o seu diferencial.



Faleceu no dia 18 de julho de 2007, vítima de parada cardíaca.

Ele residia em Curitiba (PR) e seu último trabalho no Rádio foi na Tropical AM (1.320 kHz - Curitiba/PR). Seu corpo foi cremado.


FONTE

Bastidores do Rádio

Nenhum comentário: