sábado, 2 de abril de 2011

Jorge Costa

Partitura da música "Triste Madrugada", de Jorge Costa
O compositor Jorge Costa nasceu em 1922, em Alagoas, passou parte da juventude em Recife, morou no morro da Mangueira no Rio de Janeiro e, chegando em São Paulo no começo da década de 50, consolidou seu samba tipicamente urbano e passou a abordar temas políticos e sociais.

Jorge gravou dois raros LPs: este Samba Sem Mentira (1968) e Jorge Costa e Seus Sambas (1973). Jorge conheceu Nelson Cavaquinho e frequentou a Escola de Samba da Estação Primeira de Mangueira, tendo feito parte da Ala dos Compositores.

Autor de muito vários sambas de sucesso: Triste madrugada, Baile do Risca Faca, Maria Simplicidade, Lar sem pão, Brigamos e muitos outros, Jorge Costa teve suas músicas gravadas por diversos cantores famosos tais como: Ângela Maria, Jair Rodrigues, Germano Mathias, Benito de Paula, Noite Ilustrada, Beth Carvalho, Demônios da Garoa entre outros.

Ladrão que entra na casa de pobre...
by Elias de Lima
Composição de Jorge Costa


O cantor e compositor João Borba - considerado um dos mais completos e atuantes representantes da Velha Guarda paulistana - lançou o CD João Borba Canta Jorge Costa - Ao Vivo - acompanhado por Celso de Almeida (bateria), Francisco Valle (percussão), Milton Mori (cavaquinho), Luciano Barros (contrabaixo), Junior Pita (violão) e Jaziel Gomes (sopros).


Gravado ao vivo em show no teatro do Sesc Pompéia (SP), em julho de 2007, o álbum que apresenta 15 sambas do compositor alagoano Jorge Costa (1922 - 1995), ganha alto valor documental na voz de João Borba.

Borba veio ainda pequeno para Capital, onde lapidou sua técnica de dança e canto do samba-lenço (e outros gêneros típicos do samba paulista) ao integrar o lendário grupo de teatro de Solano Trindade. Em São Paulo, atuando em gafieiras e quadras, também desenvolveu um estilo inconfundível de compor e cantar sambas urbanos, sejam eles dolentes, sincopados ou de enredo. É conhecido como “Borba da Pérola Negra”.

Músicas:
1. Samba da Rosa (Jorge Costa / Celso Martins)
2. Brigamos (Jorge Costa / Nairson Menezes)
3. Triste Madrugada (Jorge Costa)
4. Castiguei (Jorge Costa / Venâncio)
5. Bandeira da Paz (Jorge Costa)
6. Não Me Interessa (Jorge Costa / Clóvis de Lima / Luiz Alcides Zanatelli)
7. Inferno Colorido (Jorge Costa)
8. Depois do Carnaval(Jorge Costa / Paulo Roberto)
9. Ladrão que Entra na Casa de Pobre Só Leva Susto (Jorge Costa)
10. Baile do Risca Faca (Jorge Costa / Durum Dum Dum)
11. O Tocador Quer Beber (Jorge Costa)
12. Só Vai na Onda (Jorge Costa / Wilson Ribeiro)
13. Sábado Não Dá (Jorge Costa)
14. Chave do Coração (Jorge Costa / José Domingos)
15. Choro Junto com Você (Jorge Costa / Manoel Ferreira)
Jair Rodrigues interpreta Triste Madrugada, de Jorge Costa.



Venâncio e Jorge Costa - Ação de Despejo
by Germano Mathias


Venâncio e Jorge Costa - Chão
by Germano Mathias


Venâncio e Jorge Costa - Lar sem Pão
by Germano Mathias


O cantor Ucho Gaeta, famoso harmonista italiano do Canal 3, TV Tupi, que participava assiduamente do Programa de Airton e Lolita Rodrigues chamado “Almoço com as Estrelas”, também interpretou Jorge Costa.

Venâncio e Jorge Costa - Castiguei
by Ucho Gaeta



CURIOSIDADES

</></>
1968 – Abertura do carnaval do cinqüentenário de Catanduva/SP em baile realizado no Clube dos 300. Na foto o compositor Jorge Costa, a Rainha do Carnaval Amália Marangoni e o cantor Wilson Simonal

2 comentários:

Araken disse...

Grande compositor e interprete.

Beth disse...

Realmente, grande compositor. Fato curioso ocorreu com as músicas:
"Baile do risca-faca" e "Bonitona do primeiro andar", ambas de sua autoria e do cantor Germano Mathias, a seguinte curiosidade. Na época, a legislação autoral não admitia que dois autores de Sociedades Arrecadadoras diferentes
assinassem juntos a mesma composição, por isso Germano Mathias colocou os sambas em nome de sua mulher que usou o pseudônimo
"Durum Dum Dum", no disco que gravou pela Odeon, em 1962. Neste mesmo ano Germano lançou o LP
"Ginga no asfalto", no qual foram incluídas nove composições de Jorge
Costa, inclusive "Baile do risca-faca" e "Bonitona do primeiro andar", e ainda "Baiano Capoeira" (primeira música gravada de Geraldo Filme, em parceria com Jorge Costa)...